5 de abril de 2015

Sangue Yanomami repatriado dos EUA é enterrado em aldeia indígena

Compartilhe:

Sangue foi coletado por pesquisadores entre os anos 1960 e 1970. Celebração ocorreu na aldeia de Piaú, divisa de Roraima com o Amazonas.

Inaê Brandão/Do G1/RR

Em uma cerimônia que durou pouco mais de três horas, 2.693 frascos de sangue foram pacientemente derramados em um buraco cavado em um dos pilares da Yanoa (maloca na língua yanomae). Foi assim, na tarde da última sexta-feira (3), que os Yanomami honraram os seus antepassados que, entre as décadas de 1960 e 1970, tiveram o sangue coletado por pesquisadores estrangeiros sem a autorização das lideranças do povo. Na época, o material foi enviado aos EUA e só foi repatriado mais de quatro décadas depois, chegando ao Brasil em 26 de março.

Leia matéria completa no G1

Notícias relacionadas:

17 de novembro de 2017

Júri popular escancara falhas do licenciamento das UHEs do Madeira

[17/11/2017 - 15:22h] Compartilhe:Comunidades afetadas pelos empreendimentos tentam em vão se fazer ouvir em busca de ressarcimento das perdas provocadas pelos empreendimentos. Autor: […]

18 de janeiro de 2017

Ministério Público aciona Justiça Federal contra aumento da cota de operação da Usina de Santo Antônio

[18/01/2017 - 11:28h] Compartilhe:Na ação, MPF e MPE de Rondônia alegam que bama autorizou ilegalmente aumento do reservatório de 70,5 para 71,3 metros […]

13 de agosto de 2016

Pequeno empresário produz doces com frutas regionais da Amazônia

[13/08/2016 - 10:34h] Compartilhe:Uasca Oliveira lamenta o grande desperdício de toneladas de frutas com sabores inigualáveis que apodrecem por falta de uma política […]

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

PUBLICIDADE