23 de maio de 2015

Passado e Presente: Jornais do rio Madeira até o Alto Madeira

Compartilhe:

Professor e historiador Dante Ribeiro da Fonseca divulga pesquisa sobre jornais publicados em Humaitá, Santo Antônio do Rio Madeira e Porto Velho no Século XIX e início do Século XX.

A liberdade de expressão, os direitos civis e a urbanização como expressões típicas da modernidade encontram uma de suas manifestações no jornalismo. Essa afirmação, contudo, deve ser relativizada no Brasil entre o Segundo Império e a Primeira República. Nessa época, os direitos civis não passavam de uma fantasia e a liberdade de expressão uma abstração. No Brasil, a modernidade se diluía, em meio ao arcaísmo de nossas instituições sociais. Contudo, de um fenômeno não podemos desvincular o jornalismo em qualquer época, a cidade, e esta ao comércio.

Leia matéria completa no Gente de Opinião

Notícias relacionadas:

17 de novembro de 2017

Júri popular escancara falhas do licenciamento das UHEs do Madeira

[17/11/2017 - 15:22h] Compartilhe:Comunidades afetadas pelos empreendimentos tentam em vão se fazer ouvir em busca de ressarcimento das perdas provocadas pelos empreendimentos. Autor: […]

18 de janeiro de 2017

Ministério Público aciona Justiça Federal contra aumento da cota de operação da Usina de Santo Antônio

[18/01/2017 - 11:28h] Compartilhe:Na ação, MPF e MPE de Rondônia alegam que bama autorizou ilegalmente aumento do reservatório de 70,5 para 71,3 metros […]

13 de agosto de 2016

Pequeno empresário produz doces com frutas regionais da Amazônia

[13/08/2016 - 10:34h] Compartilhe:Uasca Oliveira lamenta o grande desperdício de toneladas de frutas com sabores inigualáveis que apodrecem por falta de uma política […]

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

PUBLICIDADE