4 de agosto de 2013

Natan se apega a livros religiosos e cassação do mandato deve ocorrer ainda neste mês

Compartilhe:

 Redação Amazônia da Gente

Sem receber a visita de políticos e dedicado à leitura de livros religiosos, o deputado federal Natan Donadon (RO), preso na Penitenciária de Papuda, em Brasília, deverá ser submetido a julgamento para cassação do mandato pelo plenário da Câmara dos Deputados ainda neste mês. É o que informam Rainer Bragon e Márcio Falcão, em matéria publicada neste domingo (4), pelo jornal Folha de São Paulo.

Condenado pelo Supremo Tribunal Federal (STF) há mais de 13 anos de prisão por desvio de recursos da Assembléia Legislativa de Rondônia, tres dias após se entregar a policiais federais em um ponto de ônibus de Brasília, no fim de junho, ele recebeu, na Papuda, sua primeira visita no cárcere. Uma comitiva de funcionários da Câmara  tentava notificá-lo do início do processo de cassação de seu mandato.

Natan Donadon ocupa hoje uma cela individual de 6 metros quadrados, não tem recebido a visita de políticos, foi expulso do PMDB, o salário de R$ 26,7 mil foi cortado, bem como as verbas e assessores. Um contraste com o gabinete de deputado, superior a 30 metros quadrados e algumas mordomias, como TV a cabo, sofá e frigobar.

Leia matéria completa em http://www1.folha.uol.com.br/poder/2013/08/1321348-deputado-natan-donadon-se-apega-a-livros-religiosos-em-penitenciaria.shtml

 

Notícias relacionadas:

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

PUBLICIDADE