21 de março de 2012

Lenha na Fogueira – Zekatraca cobra a construção de um estádio de futebol em Porto Velho

Compartilhe:

Zekatraca escreve uma coluna no jornal Diário da Amazônia e sites de Porto Velho

Vamos sair por algumas linhas, do assunto arte cultura, para tecer comentários sobre o campeonato de futebol profissional que está prestes a iniciar em Rondônia.

**********

Juro que fiquei surpreso ao tomar conhecimento através de um programa esportivo, exibido por um canal de televisão de Rondônia, que a maioria dos nossos clubes,  pelo menos até ontem, não estavam com seus jogadores devidamente inscritos na Federação de  Futebol do Estado de Rondoniense  – FFER.

*********

E mais surpreso, foi quando o apresentador noticiou que alguns estádios de futebol ainda não contam com laudo técnico autorizando suas utilizações.

*********

Vamos nos reportar apenas ao nosso querido e velho Aluizão que segundo o Diretor Técnico da Federação João Dalmo não está em condições de receber jogos noturnos porque seu sistema de iluminação não está funcionando em toda sua plenitude segundo oficio da Secel.

*********

Por algumas vezes tenho divulgado nesta coluna, que nossa cidade carece de um estádio municipal para a prática do futebol seja profissional ou amador.

*********

Lembramos que o Aluizio Ferreira é um estádio do governo estadual que foi construído com o objetivo de atender os estudantes da rede pública.

*********

Porto Velho não tem um estádio municipal. Nessa parte a prefeitura da capital é omissa.

*********

E quando acontece um impasse qualquer, impedindo a Gerencia de Esportes da Secel resolver de imediato o problema, transtornos como o que fez com que a FFER adiasse o inicio do campeonato estadual do dia 18 para o dia 25 vão continuar acontecendo.

*********

Acho que Porto Velho é a única capital brasileira que não tem um estádio municipal.

********

Aliás, a municipalidade em Porto Velho não conta com nenhum evento, com exceção do carnaval, produzido por ela.

*********

Aqui o Festival folclórico é coordenado pelo estado assim como todos os grandes eventos.

*********

Enquanto Rio Branco capital do estado do Acre conta com uma praça esportiva para a prática de futebol super moderna, Porto Velho só tem campo de pelada.

*********

Precisamos acabar com esse negócio de ficar lembrando o passado: Ah o futebol de Porto Velho foi considerado o melhor da região. Os clube Ferroviário, Ypiranga, Flamengo e Moto Clube tinham grandes torcidas.

*********

Isso foi no passado, hoje temos o Genus e a torcida “Genocídio” que freqüenta os jogos do time onde quer que ele vá.

*********

O Moto Clube voltou e com isso a sua torcida também!

********

Esses, por enquanto, são os representantes de Porto Velho no campeonato, então é preciso que nós, amantes de futebol, prestigiemos suas exibições, seja no Aluizão no campo do !3, na AFA ou no Abrobão. Afinal de contas, eles são os representantes da capital e por isso merecem toda consideração.

*********

A prefeitura de Cacoal apóia o Cacoalense. A prefeitura de Espigão D’Oeste apóia o Espigão. A prefeitura de Ariquemes apóia o Ariquemes a de Vilhena o VEC assim como a de Rolim de Moura apóia o time da cidade.

*********

Só Porto Velho, aliás, a prefeitura de Porto Velho não está nem aí para os times de futebol que disputam o campeonato de futebol profissional de Rondônia.

********

É preciso saber que esses times, representam a capital Porto Velho.

*********

Quando eles ganham, foram eles que ganharam, mas, quando perdem é a capital que perde.

*********

Por isso, é preciso que a prefeitura de Porto Velho através da Secretaria de Esportes assuma essas agremiações dando algum apoio.

**********

Se não tem condições de construir um estádio municipal, que pelo menos colaborem com os times que representam a cidade no torneio estadual.

**********

Li também um nota na coluna do Ladeia sugerindo que o estádio Aluizio Ferreira fosse transformado num Centro para realização de grandes eventos.

*********

E que se arranjasse um local para construir um estádio de futebol de vergonha.

*********

O Antônio Ocampo enquanto secretário de cultura sugeriu ao governador da época, que transformasse o estádio Aluizio Ferreira no palco de realizações de eventos como o desfile das escolas de samba e o Arraial Flor do Maracujá. Foi demitido!

*********

Não seria tanto assim, mas que precisamos de um novo estádio de futebol não temos dúvida.

*********

Já conseguiram um bocado de dinheiro junto às usinas com as tais de contrapartidas, porque não conseguir a verba para construir um estádio de futebol também?

*********

Nós que moramos na capital de Rondônia, faz muito tempo, fomos privados de assistir jogos de grandes times de futebol do Brasil por falta de um estádio.

**********

O interior há muito tempo passou a perna em Porto Velho em se tratando de estádio de futebol.

*********

Estádio construído pelas prefeituras. Exemplo: Cassolão em Rolim e Valerião em Ariquemes.

*********

Biancão em Ji-Paraná e outros espalhados por aí.

*********

Porto Velho tem apenas o Aluizão que só serve para a disputa do torneio intermunicipal e as peladas dos funcionários das secretarias e antes, do gabinete do governador.

********

A Capital desde o CFA não conta com um time campeão estadual e em conseqüência não participa da Copa do Brasil.

*********

Porto Velho precisa urgentemente de um estádio de futebol. Essa é a campanha!

Notícias relacionadas:

8 de março de 2016

Reformado, estádio Aluizio Ferreira reabre os portões em Porto Velho

[08/03/2016 - 20:37h] Durante a reabertura do estádio, o vice-governador, Daniel Pereira, disse que o governo pensa em construir outro estádio em Porto Velho.

Atletas do Interdistrital são barrados na entrada do Aluizio Ferreira

[08/03/2016 - 20:12h] O secretário Municipal de Esportes e Lazer afirma que o uso do Aluizão foi autorizado no dia dois de março e na manhã de domingo 150 atletas foram proibidos de entrar no estádio

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

PUBLICIDADE