25 de março de 2016

Governo cria duas delegacias para conter violência no Vale do Jamari

Compartilhe:

Autor: Ascom/RO

O governo de Rondônia criou duas delegacias especializadas em Ariquemes, município a aproximadamente 200 quilômetros de Porto Velho, para combater homicídios e reprimir crimes contra o patrimônio, duas modalidades de crime com alto índice de ocorrência na região de Vale do Jamari – composta por outros cinco municípios.

Leia mais sobre o assunto

Violência no Vale do Jamari

Uma outra estrutura criada é a delegacia de Monte Negro, que também compõe a região em que a violência se revela a mais acentuada em todo o Estado, e que o delegado-geral da Polícia Civil, Eliseu Muller de Siqueira, espera estruturar até o final de maio. “Até porque essa delegacia não custou nada para o Estado. Firmamos um termo de compromisso com a prefeitura, pelo prazo de cinco anos, e ela vai nos ceder o espaço, não vamos pagar aluguel, nem internet, nem telefone”, disse.

A delegacia de Monte Negro vai atender Campo Novo de Rondônia – atualmente sob a jurisdição de Buritis – até a fronteira do parque estadual que dá acesso a Guajará Mirim e Nova Mamoré.

O delegado-geral da Policia Civil explicou que a criação da Delegacia Especializada na Repressão de Crimes contra a Vida (decreto nº 20.656) e Delegacia Especializada na Repressão de Crimes contra o Patrimônio (decreto nº 20.657), em Ariquemes, e a delegacia de Monte Negro (decreto nº 20.658) são parte do planejamento estratégico da Polícia Civil solicitado pelo governador Confúcio Moura.

“Ele pediu planejamento para os anos de 2016 a 2018, e junto com delegados e servidores elaboramos plano para atuar maciçamente em Vale do Jamari e Porto Velho neste ano e em 2017”, diz Eliseu Muller.

“Vale do Jamari é a grande responsável pelo fato de Rondônia ser o 14º estado mais violento do país. Lá estão três cidades entre as duzentas mais violentas do país, falo aqui do número de morte por cada cem mil habitantes. Buritis figura como a 15ª mais violenta do Brasil”, relata o delegado-geral, destacando a necessidade de combater essa violência.

O delegado Thiago Flores, de Ariquemes, disse que a equipe de Monte Negro trabalhará nas investigações locais, com mais agilidade nas investigações de crimes em geral, uma vez que o grupo estará mais próximo dos acontecimentos. Como efeito prático, haverá o fortalecimento das ações de segurança e consequentemente os laços de confiança com a comunidade.

O tenente-coronel Edilson Crispim Dias, comandante da PM em Ariquemes, afirma que o principal efeito da instalação da delegacia em Monte Negro será a redução no tempo de deslocamento entre o local dos crimes e a delegacia em Ariquemes, onde os autos de prisão em flagrante ainda são realizados. “Agora, com a delegacia próxima, não há mais necessidade de demorar até seis horas para entre o atendimento da ocorrência e o auto de flagrante pelo delegado. A demora faz com que a patrulha deixe de realizar outros serviços”.

O delegado-geral Eliseu Muller disse que a criação dessa unidade minimizará a carga de trabalho em Ariquemes porque tudo converge para lá. “Todas as ocorrências de Cujubim, Alto Paraíso, Monte Negro, Cacaulândia, Rio Crespo e de distritos como Bom Futuro chegam lá”, diz. E as delegacias especializadas no 98º município mais violento do país “geram um impacto motivacional no servidor; poderemos ter estatística mais correta dos fatos e crimes que ocorrerem.”

Notícias relacionadas:

5 de abril de 2016

Acampamento Hugo Chavez do MST é atacado por pistoleiros no Vale do Jamari

[05/04/2016 - 16:39h] Compartilhe:O acampamento Hugo Chavez do Movimento dos Trabalhadores sem Terra (MST), que reúne 110 famílias, em Cacaulândia, a 260 quilômetros […]

11 de março de 2016

MPF processa Eletrobrás para que empresa forneça energia elétrica para acampamento Canaã

[11/03/2016 - 17:13h] Compartilhe:Autor: MPF/RO O Ministério Público Federal em Rondônia (MPF/RO) ingressou com ação civil pública pedindo que a Justiça Federal condene […]

23 de fevereiro de 2016

Secretário de segurança pública pede regularização fundiária contra violência no Vale do Jamari

[23/02/2016 - 15:55h] Compartilhe:Com informações do Secom/RO O secretário estadual de Segurança, Defesa e Cidadania de Rondônia, Antônio Carlos dos Reis, participou de […]

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

PUBLICIDADE