8 de novembro de 2016

Especialista sobre uso de animação nas salas de aula, Bete Bullara faz palestra em Porto Velho

Compartilhe:

Bete Bullara, secretária executiva do Cineduc desde 1975, vai falar com professores sobre potencial das animações como instrumento de aprendizado.

Autor: assessoria

Animando Amazônia faz oficina de animação em escola do Lago do Cuniã - Foto Beethoven Delano

Animando Amazônia faz oficina de animação em escola do Lago do Cuniã – Foto Beethoven Delano

A secretária executiva do CINEDUC , instituição que há 40 anos desenvolve projetos de integração do cinema com as escolas, Bete Bullara, está participando em Porto Velho do Animando Amazônia, projeto que leva oficinas de animação a escolas da Capital, incentivando o uso de animações como instrumento de aprendizado. Na última semana, Bete Bullara esteve na Reserva Extrativista Lago do Cuniã, junto com a equipe do projeto e nesta semana vai fazer uma palestra sobre o potencial do audiovisual para professores de escolas públicas de Porto Velho.

O Animando Amazônia está realizando, desde segunda-feira, oficinas no Centro de Ensino Infantil Pequeno Gênio, no bairro Conceição, zona Sul de Porto Velho, e na Escola Municipal de Ensino Fundamental Deigmar Moraes de Souza, no distrito de Cujubim, no Baixo Madeira. Nas duas escolas serão feitas projeções de filmes de animação, incluindo vídeos elaborados com a participação das crianças, na sexta-feira e no sábado, respectivamente. O mesmo trabalho já foi desenvolvido nos distritos de Jacy-Paraná e Rio Pardo.

Animando Amazônia leva animações para moradores da Resex Cuniã - Foto Beethoven Delano

Animando Amazônia leva animações para moradores da Resex Cuniã – Foto Beethoven Delano

Bete Bullara é formada em Cinema pela Universidade Federal Fluminense (UFF) e desde 1975 preside o CINEDUC, onde participou de treinamento de professores, mesas redondas e palestras, tanto no Brasil como no exterior, além da preparação de materiais didáticos teóricos e exercícios. Realizou 67 oficinas para professores e para jovens em 16 estados brasileiros para o SESC Nacional no último ano; promoveu curso de professores para a Secretaria Municipal de Educação do Rio de Janeiro; curso para professores no Festival Nueva Mirada, em Buenos Aires; oficina de leitura de imagens para jovens de vários países e em festivais de cinema em Porto Velho, Rio de Janeiro, Tiradentes, Niterói, Ouro Preto, Belo Horizonte e Gramado. Ela é curadora da Mostra Geração do Festival Internacional do Rio de Janeiro.

Notícias relacionadas:

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

PUBLICIDADE