9 de agosto de 2017

Dia Internacional dos Povos Indígenas: passa o tempo, persiste o genocídio

Compartilhe:
Foto Guilherme Cavalli/CIMI

Foto Guilherme Cavalli/CIMI

Autor:Egon Heck – do Secretariado Nacional do Conselho Indigenista Missionário

A impressão que temos é que a história se repete. Para os povos indígenas, o que os fatos narram é um constante genocídio. Desde a usurpação da América, o que contam as ocorrências é uma realidade de perseguição e mortandade. Ano após ano. Século após século. Hoje deveria ser diferente, mas infelizmente não é. Depois das perseguições e escravismo, do aldeamento, da tutela, trazem para debate marcos teporais para os direitos que são originários, que precedem inclusive o Estado. Novamente, são teses analisadas e aplicadas em nome dos dominantes.

Leia matéria completa

Notícias relacionadas:

20 de julho de 2016

Suruís inauguram primeiro museu indígena de Rondônia

[20/07/2016 - 16:58h] Compartilhe:Museu retrata vida dos indígenas antes do contato com os não índios e está aberto para visitação de terça a […]

8 de março de 2015

Rondônia é o quarto maior produtor de castanha-do-Brasil no país

[08/03/2015 - 22:49h] Compartilhe:Informação faz parte da dissertação de mestrado em administração do professor Eslei dos Reis, da Universidade Federal de Rondônia. Autor: […]

27 de outubro de 2012

Ativistas pelas causas da sustentabilidade e direitos indígenas, Almir e Neidinha, são finalistas no Prêmio Folha

[27/10/2012 - 11:09h] Compartilhe:335 entidades se inscreveram ao prêmio e os rondonienses estão entre os oito finalistas, escolhidos entre 26 concorrentes Ana Aranda […]

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

PUBLICIDADE