5 de abril de 2016

Acampamento Hugo Chavez do MST é atacado por pistoleiros no Vale do Jamari

Compartilhe:
Acampado mostra marcas de coronhada na cabeça - Foto Franciele do Vale - G1

Acampado mostra marcas de coronhada na cabeça – Foto Franciele do Vale – G1

O acampamento Hugo Chavez do Movimento dos Trabalhadores sem Terra (MST), que reúne 110 famílias, em Cacaulândia, a 260 quilômetros de Porto Velho, no Vale do Jamari foi atacado no último sábado e no domingo por pistoleiros que seriam ligados a um fazendeiro local. Em nota, o MST informa que após provocações ocorridas na sexta-feira, o acampamento foi invadido no sábado por cinco pistoleiros que agrediram e ameaçaram os acampados. O acampamento Hugo Chavez está localizado na beira da estrada, no quilômetro 4 da RO-140, próximo às fazendas Nova Vida e Quatro Cachoeiras.

Ainda segundo o MST, na tarde de segunda-feira, 4 de abril, os pistoleiros cumpriram a promessa de voltar ao acampamento e cerca de quinze pessoas, fortemente armadas, atacaram as famílias acampadas. “Já chegaram atirando, amedrontando quem estava por perto, inclusive crianças e mulheres grávidas. Dez minutos depois, retomaram o ataque, indo de barraco em barraco até expulsar todos os acampados, que se dispersaram na mata. As ameaças não cessaram e os pistoleiros prometeram voltar para queimar o acampamento”, alerta o MST.

O ataque foi denunciado na delegacia da Polícia Civil de Ariquemes e os feridos fizeram exames de corpo de delito que comprovam a violência. O conflito será discutido nesta quarta=feira (6) em audiência com o INCRA e o Governo do Estado de Rondônia, a fim de solucionar a situação e apurar os crimes cometidos a mando do latifúndio, dando resolução ao impasse que já dura mais de três anos.

Leia mais sobre o assunto no G1

Comissão Pastoral da Terra

Notícias relacionadas:

25 de março de 2016

Governo cria duas delegacias para conter violência no Vale do Jamari

[25/03/2016 - 10:09h] As delegacias serão instaladas em Ariquemes e terão abrangência em cinco municípios. Região se destaca pela ocorrência de crimes e conflitos agrários.

11 de março de 2016

MPF processa Eletrobrás para que empresa forneça energia elétrica para acampamento Canaã

[11/03/2016 - 17:13h] Compartilhe:Autor: MPF/RO O Ministério Público Federal em Rondônia (MPF/RO) ingressou com ação civil pública pedindo que a Justiça Federal condene […]

23 de fevereiro de 2016

Secretário de segurança pública pede regularização fundiária contra violência no Vale do Jamari

[23/02/2016 - 15:55h] Compartilhe:Com informações do Secom/RO O secretário estadual de Segurança, Defesa e Cidadania de Rondônia, Antônio Carlos dos Reis, participou de […]

Deixe seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

PUBLICIDADE